terça-feira, 24 de março de 2009

Avisos


Carne vermelha ou transformada aumenta risco de mortes

O consumo da carne vermelha ou transformada parece aumentar o risco de mortalidade, enquanto o consumo de carne branca parece reduzi-lo, segundo um estudo conduzido nos Estados Unidos e cujos resultados foram publicados segunda-feira.
A pesquisa foi conduzida em mais de meio milhão de pessoas durante dez anos. Os participantes, homens e mulheres, tinham idades compreendidas entre os 50 e os 71 anos no início da investigação, em 1995. Responderam então a um questionário sobre o seu consumo de carne vermelha, transformada e carne branca. Foram depois seguidos durante dez anos através, nomeadamente, das estatísticas dos serviços de segurança social.
Durante este período, morreram 47.976 homens e 23.276 mulheres. Um quinto dos homens e mulheres que comeram mais carne vermelha (uma quantidade média de 62,5 gramas por mil calorias absorvidas diariamente) tinha um risco mais elevado de mortalidade comparativamente aos que tinham consumido menos (9,8 gramas por mil calorias/dia), segundo estes investigadores, cujos trabalhos foram publicados nos Arquivos de Medicina Interna, datados de 23 de Março.

dd

1 comentário:

carla mar disse...

Beijo (na tua carne...)

;)