terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Proteja-se, o HIV-SIDA é uma arma apontada a cada um de nós.



AVISO: ESTE VIDEO CONTÉM CENAS QUE PODEM CHOCAR PESSOAS MAIS SUSCEPTÍVEIS (É a essa a ideia) !


Em relações ocasionais, proteja-se. Use sempre perservativo, pela sua saúde e, dos outros.

7 comentários:

Sophie disse...

Loool, quais chicas? :P

Sophie disse...

Adorei o vídeo!
Realmente, sensibiliza!...
Mas não choca nada, gosh! Somos pessoas maiores de idade - a GRANDE maioria...

Muito bom post!! ;)

Nirvana disse...

Acho que a ideia principal nestas chamadas de atenção é mesmo chocar os menos susceptíveis, ou melhor, oe que se acham menos.

maria teresa disse...

Só que quem devia ver e ENTENDER esta mensagem não a vê...
Fiz um estudo de parceria com um psicólogo e uma porfessora de Português (eu fui de Matemática mas o tema da Sexualidade sempre me atraiu muito) junto de alunos adultos (cursos nocturnos) e os resultados foram espantosos, pela negativa,pelo desconhecimento total até do próprio corpo.
Abracinho
Abracinho

dermatologistested disse...

imprescindivel o uso do preservativo para uma sexualidade consciente.

*C*inderela disse...

Infelizmente ainda existem pessoas que não ligam a estas chamadas de aviso. Vivemos numa era da informação que já não é admissivel problemas como estes.

Bjokas*

ergela disse...

Sophie, voltarei a este assunto brevemente, é assustadora a taxa de infecção na população acima dos 60 anos e, continuamos com preconceitos e, a não enfrentar o problema de frente, como se faz em toda a Europa.

Nirvana, o aviso era mesmo para chamar a curiosidade das pessoas a ver o video, que infelizmente ainda continuam a "assobiar para o lado" neste gravíssimo problema.

Teresa o problema está precisamente aí, enquanto a disciplina de educação sexual não fôr obrigatória nas nossas escolas vamos continuar com taxas altíssimas de ignorância, que por sua vez leva à infecção.
Sobretudo é claramente um problema de educação e formação.

dermatologistestd concerteza, quem anda um pouco à noite quanto mais não seja para beber um copo e, passar pelas aquelas "red zones" e vê pessoas a "alimentar" a prostituição,até aqui o HIV era visto como um problema de homosexuais, neste momento está generalizado a populações mais velhas, muitas das vezes fruto da má educação reinante nessas gerações, de quem não fosse "às meninas" não era homem, como se fosse um ritual de iniciação à idade adulta, já para não falar nas atitudes criminosas de contágio.

C*inderela concordo contigo, a informação ainda não chega à população, hà aquelas pessoas que não querem ouvir, outras ainda pensam que só acontece aos outros.

Beijos a todas e, obrigado pela vossa contribuição muito importante.