domingo, 13 de setembro de 2009

Um Poema para este dia.

TABACARIA (Excerto)



Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

Fernando Pessoa/Álvaro de Campos.

1 comentário:

Patrícia disse...

=)
Esse(s) senhor(es)...