sábado, 1 de agosto de 2009

História da canetas - Lamy


Lamy - O Designer da Escrita

A história das famosas canetas Lamy, reconhecidas por seus modernos e inovadores designers, começou com Carl Josef Lamy, então representante da empresa de canetas Parker na Alemanha, quando este resolveu comprar a empresa Orthos, que fabricava canetas, em 1930 na cidade de Heidelberg para produzir canetas tinteiros. Depois da Segunda Guerra Mundial a empresa resolveu lançar uma linha de canetas de luxo sob a marca Artus, utilizando plástico sintético em sua fabricação. Porém, as primeiras canetas a conter a marca Lamy só seriam lançadas em 1952 com a introdução da linha de canetas tinteiros Lamy 27, compostas por modelos clássicos para concorrer com marcas como Montblanc e Pelikans. A tradição de criatividade e designer moderno da marca teve início de 1966 com o lançamento da inovadora Lamy 2000, desenvolvida em cooperação com o designer Gerd A. Muller. Esta caneta vem sendo produzida desde então com poucas modificações em relação ao modelo original. Nos anos 80 e 90, era comum estudantes e professores de design, usarem no bolso da camisa, uma Lamy, modelo safári (lançada em 1980), e até hoje um dos maiores sucessos da empresa. A fama da caneta Lamy é toda baseada no design procurando sempre acompanhar, renovando a cada dia, a tendência de acabamentos utilizando materiais modernos.-A marca no mundo
Com produção anual acima de 7 milhões de unidades, a empresa alemã fatura mais de US$ 54 milhões e tem na Europa seu maior mercado, fazendo enorme sucesso nos Estados Unidos e Japão.

Sem comentários: