terça-feira, 6 de abril de 2010

Danos coletrais ????

Mais um "erro" das tropas americanas no Iraque, aonde "acidentalmente" mataram a sangue frio dois colegas das Reuters, ali poderia estar eu, aqui há uns anos ou outro colega qualquer, a falta de escrúpulo e a" leveza de espírito" com que são escarnecidos cadáveres de seres humanos ao serem "atropelados" por blindados, é no minímo chocante . Aquilo que mais me indignou foi os comentários cínicos e crueis de um general português ao achar que "aquilo é perfeitamente normal, num cenário de guerra" , realmente esta crueza (para não usar uma adjectivação mais forte) só mesmo de um general militarista e insensível, aonde com certeza não lhe deve pezar na consciência as ordens semelhantes que deve ter dado nas "antigas colónias" como gosta tanto de se referir a países que lutavam para serem livres.

2 comentários:

Crazy disse...

Que nojo de pessoas. Não percebi onde está a piada quando um diz que passou por cima de um corpo.

anaferro disse...

Eu não defendo estas pessoas, de forma alguma. Isto não se faz, não a confusão que fizeram mas a maneira como procederam de seguida. E foi isto que vimos, por acaso, porque acredito que seja muito pior.

Eu questiono-me é sobre o treino daquelas pessoas e aquilo que esse treino provoca na mente humana. Creio que não deve ser muito saudável viver em cenário de guerra com uma arma na mão. E a preparação que têm deve ser dura também.

Não estou a defender, apenas a ver uma possível explicação para a extrema falta de humanidade que ali se vê. Nada justificaria, não. Mas também acredito que a guerra possa tirar o juízo a esta gente.

É mau em todos os sentidos, é algo horrível.

Ergela, és jornalista? Já estiveste nestes cenários?