terça-feira, 30 de março de 2010

O Pinta da Costa é que ainda não a viu.



Era dois em uma.Voçês sabem o que eu quero dizer !!! Qual Hulk qual quê, ainda por cima striper, lá tinha que ser.

7 comentários:

mjf disse...

Olá!
Esás a ser " um bocadinho" faccioso :=)))
eheheh

beijocas

Dylan disse...

?! Fuck!

ergela disse...

mjf cara amiga, se me permites discordar.Faccioso esteve Pinto da Costa naquela entrevista na RTP, aí sim, parecia uma fera acossada e, com rancor a roçar o ódio pelo um clube rival (para ele é uma batalha).A rivalidade não quer dizer que vamos entrar em "guerra" com ninguém, o futebol é ou deveria ser um entretenimento e não um espécie de apelo "à guerra santa".

Um beijo.

Nirvana disse...

Para o ano está, no mínimo, a treinar algum clube!
Beijinhos

anaferro disse...

Ergela, tendo estado a ver a entrevista do Pinto da Costa, presumo que não tenha visto a do Luís Filipe Vieira... Porque senão, teria visto a mesma postura!

É um facto que ninguém pode apontar nada a ninguém pois ambos são iguais. Mafiosos igualmente. Estes e todos!

Pessoas com responsabilidade perante as massas não deveriam cultivar aquelas posições.

Sinceramente, não vi com atenção a do Pinto da Costa pois já sei o discurso de cor. Sou do FCP e penso que se calhar era hora de mudar. Porque estou farta de ver o meu clube que tem vencido por mérito a ser enxovalhado. E estou farta deste mundo do futebol.

Estive a ver a do Luís Filipe Vieira. E vi também alguns pontos que, para quem fala na verdade desportiva, deviam ter ficado apenas pelo ignorante pensamento. Coisas como o facto do Hulk não ser decisivo no FCP. Como se numa equipa, qualquer que seja, não existam elementos importantes até pelo simples facto psicológico. E teve declarações infelizes em relação às claques, colocando-se de fora do assunto, dizendo que teria que existir diálogo com as claques mas que ele não tinha claques! Quando todos sabemos como as coisas são, todos sabemos quem eles são... Só não vê quem não quer ver.

E estes dirigentes não querem ver. Basta de ignorância!

ergela disse...

Cara Ana Ferro, tens alguma razão, não sou faciosso, por ser do BENFICA, não me agrada nada o que se passa no futebol, para mim são TODOS uma cambada de mafiosos e, por ainda, incitam alguns trogloditas e a maioria delinquentes à violência,mas não só os presidentes, toda a estrutura de um clube de futebol, por isso estou à vontade neste aspecto.Agora todas as entrevistas que li e ouvi a Pinto da Costa incitam a uma "guerra santa" norte-sul, isto é no minímo criminoso,no contexto do nosso país europeu e desenvolvido. Sabes o resultado disto todo, os estádios às moscas, as pessoas têm medo de levar a família a um espectáculo onde podem não regressar, por esta e outras não me apanham em estádio nenhum e, fico prefundamente triste quando vejo aqui ao lado em Espanha, estádios cheios desde o primeiro dia do campeonato.
Beijos.

anaferro disse...

Sim, é essa a verdade. Eu mesma, já foi tempo em que ia ao futebol. Até me desinteressei mais, precisamente porque vale tudo para desviar as atenções dos verdadeiros protagonistas e do que realmente interessa. E é o Pinto da Costa e lá em baixo também se joga assim. Mas claro, com outra postura, porque há que ser inteligente e apontar os focos para as guerrinhas da vida privada (ou que deveria ser) do homem. Acho que os papalvos somos nós, que nos deixamos ir nessas guerras e defendemos algum dos lados da barricada, atacando outro.

Eu continuo a dizer, fico extremamente triste e revoltada quando vejo o meu Porto a ganhar por mérito e vêm com coisas dos árbitros e não sei que mais histórias. Há que admitir quando perdemos justamente. Como agora o FCP tem que baixar a cabeça e admitir que andou ali aos papéis durante um tempo.

E assim o futebol seria muito mais bonito. Jogado dentro do campo, sem recurso a mundos mais obscuros e saudavelmente vivido entre os adeptos.

Beijinhos, ergela :)